quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Hedda Gabler de Henrik Ibsen (Parte 1)


‘Hedda Gabler’, do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen, com Sofia Alves, Ana Rocha, Elisa Lisboa, Guilherme Filipe Maria Dulce, Paulo Rocha e Vitor de Sousa. A obra Hedda Gabler escrita por Henrik Ibsen em 1890, é considerada por muitos, um dos maiores textos teatrais de sempre.
Hedda Gabler (Sofia Alves) é uma jovem aristocrática, filha de um general. Após a morte do General Gabler, começa a sentir que os seus tempos de juventude estão a terminar e resolve então casar com um historiador de nome Tesman (Guilherme Filipe) oriundo de uma família pequeno-burguesa. Tesman foi criado por uma tia, Julianne (Elisa Lisboa) com o apoio de uma criada, Berta (Maria Dulce). Mas este casamento está longe de ser o que Hedda teria imaginado para si.
Lentamente começa a sentir-se perdida e frustrada. A sua vida de casada com uma pessoa como Tesman, não era o que realmente esperava, começando a complicar-se ainda mais, quando um seu antigo apaixonado, Lovborg (Paulo Rocha) e velho amigo do seu marido resolve aparecer na cidade.
Lovborg regressa à cidade, após ter lançado um livro que está a fazer um grande sucesso e refeito do seu vício antigo pelo álcool. Mas para grande sofrimento de Hedda, existe uma nova mulher na vida dele, Thea Elvsted (Ana Rocha) que é ao mesmo tempo uma mulher casada com um Procurador.
Mas tudo será ainda mais complicado quando um velho amigo da família, Brack (Victor de Sousa), tenta seduzir Hedda.
Após a recusa inicial dela, ele irá tentar aproveitar-se de um deslize de Hedda para obrigá-la a ser sua amante.
É nestes jogos amorosos onde estão presentes as paixões, traições, dramas, mentiras e desilusões, que se desenvolve grande parte do enredo desta obra.
Um espectáculo que tem momentos cómicos – hilariantes - dramáticos, como uma verdadeira comédia-drama.





















Local: Auditório Mun. Eunice Muñoz - Oeiras

Vitiligo

Photobucket

Deixo aqui um texto enviado de uma amiga que gostaria que lessem e até passarem para outros amigos que possam ter este problema.

Aqui vai o texto:

Numa troca de e-mails surgiu a ideia de criar um local onde os portadores desta doença pudessem trocar testemunhos e experiências. Começaremos pelos nossos testemunhos, pois não temos problemas em assumir, embora seja uma doença que afecte psicologiamente as pessoas. Ela não tem qualquer outro efeito nocivo para além desse.

Penso que todos conseguem perceber o porquê de afectar psicologicamente. Numa Sociedade em que a beleza é Imperatriz, ter a pele cheia de manchas brancas não é agradável.

Ajudem a divulgar e partilhem este blog com quem tem o mesmo problema :) http://vitiligo-derma.blogspot.com/ Espero que esta iniciativa junte pessoas e as faça encontrar mais apoio para não se sentirem sós e desamparadas.

Obrigada a todos e um abraço!

Sandra Marques

BENEFÍCIOS FISCAIS - JUSTIÇA SOCIAL

Blog - Reposição dos Benefícios Fiscais

Eu Nuno de Sousa, tenho uma prima de nome Márcia com 11 anos que ficou deficiente num acidente de viação em que a sua mãe (minha prima faleceu nesse mesmo acidente, já no ano anterior a este acidente o seu pai tinha sido atropelado, neste momento é um ser quase vegetal, dependendo dos seus pais para sobreviver, embora tenho feito alguns progressos). Neste momento a Marcia está numa numa escola especial, mais propriamente na escola C.E.C.D - Centro de Educação para o Cidadão Deficiente, situada em Mira-Sintra (Sintra), onde poderia ficar para toda a sua vida, só que agora tudo se inverteu e como os apoios que o estado dava vão acabar, a escola vai ter de fechar por falta de apoio, ou seja centenas destas crianças vão ficar sem apoio quer na educação quer a nivel de subsistência e ajuda na sua vida futura, onde vão ter de sair desta escola para serem integradas numa qualquer escola normal onde nem professores nem as próprias escolas têm condições para as integrar nas melhores condições, a minha prima nem o seu nome sabe escrever, pergunto o que vai ser destas crianças, será isto a que chamamos uma país em vias de desenvolvimento? Ou será que é só um país para alguns?
É uma vergonha o que está a acontecer neste Portugal dos nossos dias, a estas pessoas que nada podem fazer e que ainda por cima são abandonadas por quem devia olhar por elas.
Grandes governantes nós temos.
Tenho vergonha.

Peço desculpa pelo meu desabafo.
Nuno de Sousa

Amigos, não custa nada. Dois ou três segundos.

-O Governo quer retirar benefícios fiscais às pessoas com deficiência.Assine e divulgue a petição do Movimento de Trabalhadores com Deficiência contra esta medida do governo. É só clicar aqui http://www.petitiononline.com/mtpd/petition.html

Passe a mensagem à sua lista de e-mails por favor.

ObrigadoMais informação em:

http://mtpd.blogspot.com/

http://opaisdoburro.blogspot.com/