domingo, 30 de novembro de 2008

Foto Prémio

Seguir o Caminho das cores

Obrigado por este prémio fotográfico aos amigos Missixty e Miguel Almeida por me incluir neste interessante prémio. Trata-se de um prémio que nos obriga a escolher uma foto de que gostemos, ou nos diga algo em particular e a colocá-la em destaque. Esta fotografia que escolhi é o caminho que quero seguir, e uma sequência do post anterior, foto esta que nunca tinha sido colocada por mim nem em galerias de fotografia. Gosto dela porque me faz ter esperança no futuro e na esperança de estar ligado a algo que gosto muito... a fotografia.

Estas são as regras do prémio:

1. Linkar quem te concede o prémio neste caso foram: Missixty e Miguel Almeida

2. Premiar oito blogs - aqui vai a minha selecção:

3. Manter a corrente do prémio. À parte do que significa para cada um é a partilha de outros Blogs que conhecemos, divulgamos e assim enriquecemos a comunidade, depois por respeito.


quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Hora de voar

Edição de um livro

No próximo ano e em conjunto com a Editora Chiado vou editar um livro contendo fotografias da minha autoria acompanhadas de textos de autores que fui convidando através do meu blog (http://nunosousaphoto.blogspot.com/) para escreverem sobre imagens seleccionadas por mim.
O motivo desde meu texto prende-se com o facto de tentar encontrar a obtenção de algum apoio ou um patrocínio, se por acaso alguém estiver interessado ou se conhecerem alguma empresa que possa estar interessada e que seja vantajosa para ambas as partes, fico agradecido.
De notar que os valores para a edição rondam os 2000 euros, daí a necessidade de adquirir patrocínios. Caso queiram considerar a possibilidade de apoiar com determinado valor, agradeço igualmente que me notifiquem. Este livro irá ser distribuído por todo o território nacional e em todas a livrarias incluindo na FNAC.


Grato pela atenção

sábado, 22 de novembro de 2008

Poupa (Upupa)

Classe - Aves

Ordem - Coraciiformes

Família - Upupidae

Género - Upupa

Espécie - Upupa Epops
Descrição:

A poupa passa muito tempo a cuidar da sua bonita plumagem em confortáveis poleiros. Anda e dá pequenas corridas no solo, sobre as suas curtas patas, quando procura alimento. É uma voadora lenta e com padrões tão vivos, tornando-se por isso numa fácil presa para as aves de rapina. Sente-se muito mais segura no chão, onde se mistura bem nas luzes e sombras, mesmo nos prados abertos que prefere.



Alimentação:

Esporadicamente a poupa caça insectos no ar, quando estes formam espessas nuvens e se tornam fáceis de apanhar. Preferencialmente procuram o alimento a pé, procura entre as pedras, nas ervas e no solo insectos, larvas de insectos e minhocas. Para encontrar o seu alimento, mergulha de bom grado o bico dentro de montes de estrume de vaca, ovelhas e cavalos.


sábado, 8 de novembro de 2008

Macros - Abelha

Abelha

Designação de insectos da ordem dos himenópteros e da família dos Apídeos com mais de duas mil espécies. A família dos Apídeos inclui a abelha-comum (Apis mellifera), que vive em cortiços ou em colmeias de muitos milhares de indivíduos, com polimorfismo sexual, distribuído em castas. A abelha-comum, também é designada doméstica social. A maior parte das outras espécies são solitárias. Conhecem-se algumas espécies parasitas que colocam, aquando da reprodução, os seus ovos no ninho de outras abelhas. Todas as abelhas se alimentam de néctar e pólen possuindo um língua sugadora, com escovas e bolsas de recolha. O pólen das flores é a substância essencial para a alimentação das larvas. As abelhas desempenham um papel fundamental na fecundação das plantas com flores. A abelha doméstica tem a sua origem na Ásia meridional. O cortiço ou a colmeia que pode conter cinquenta mil indivíduos, não alberga mais que uma rainha, que é fecundada durante o voo nupcial e pode viver vários anos. No decurso do voo nupcial a rainha é fecundada por um macho ou zangão, cujo sémen se acumula no receptáculo seminal que a rainha utiliza durante toda a sua vida. Após o voo nupcial o papel da rainha é pôr ovos. Põe um ovo em cada alvéolo formado no cortiço, que podem ser hexagonais, e estes ovos originam abelhas obreiras que não desenvolvem aparelho genital feminino e portanto são estéreis, os ovos postos nas cavidades maiores ou cavidades reais, são alimentados com geleia real que originam fêmeas fecundas ou rainhas. Antes da explosão das jovens rainhas, a rainha velha que originou o enxame, voa levando consigo um certo número de obreiras e forma uma nova comunidade. A primeira rainha nascida começa a matar as outras, não restando mais do que uma rainha por colmeia. Os ovos não fecundados são colocados nos grandes alvéolos hexagonais e originarão machos ou zangões. As abelhas obreiras, limpam e ventilam a colmeia ou cortiço, alimentam as larvas, gerem as reservas de mel e segregam a cera para confeccionar os alvéolos. Das quatros espécies do género Ápis, a espécie Apis dorsata constrói enormes ninhos que podem atingir os dois metros de diâmetro. Só a abelha doméstica (Apis mellifera) é aproveitada pelos apicultores na produção de mel.


Vou estar ausente de férias durante uma semana, volto no dia 16, por isso não vou poder acompanhar os vossos blogues, até lá cumprimentos amigos.
Nuno de Sousa

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Aldeia de Montesinho - Trás-os-Montes

Aldeia típica transmontana, situada nos contrafortes da Serra de Montesinho habitada por cerca de 20 famílias, faz juz ao que de mais puro que se pode designar por "hospitalidade transmontana".


Aldeia pobre de recursos agrícolas mas forte em recursos agropecuários, o cabrito de Montesinho tem ainda muita fama, criando-se sobretudo hoje um não menos afamado borrego, criado nos montes circundantes ao vento e ao frio rigoroso do Inverno e nos calores asperos do verão.
Montesinho já foi mais próspera do que é hoje, noutros tempos teve até posto da Guarda, foi sobretudo um dormitório (que foram ficando) de pessoas que vinham em busca de trabalho duro da prospecção do Minério. Diz-se ali com mágua ainda hoje, que "nas minas morreu muita gente".


Gentes de Montesinho
Contudo com os fim das minas muitas pessoas regressaram à sua terra e os outros, sobretudo os mais novos foram de abalada (como quase todos os Portugueses) para Países mais ricos à procura de melhor vida. E diga-se a verdade, encontram.
Hoje Montesinho orgulha-se dos seus, espalhados pelos povos de Espanha, França e Alemanha, pelo mundo, etc.



Eles regressam e são sempre uma alegria, sobretudo no verão quando eles próprios obrigaram a alterar o dia da Festa, em honra de Sto António e que puderam estar todos juntos e matar saudades, se mudou para o terceiro domingo de Agosto.

Fonte em Montesinho


Roteiro de Montesinho - Saída de Bragança pela E. N. 103-7, passagem por França, Portelo e subida para Montesinho. No alto da serra corta-se à direita e toma-se a estrada florestal que dá acesso ao planalto, onde ficam pastagens de altitude. Aí, a cerca de 1350 e 1400 metros abre-se ao visitante forte radiação solar, ar muito vivo, um local excelente de repouso e onde fruirá dos prazeres da neve nos meses de inverno. O regresso faça-o pela parte oeste da serra, passando pelo Porto de Sabor, Canteira e Prado Novo. Neste percurso e ao descer para o Prado Novo tem diante dos olhos um belo espectáculo de montanha, pois a estrada vai ao longo do rio Sabor, profundamente encaixado

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Pôr do Sol na Carrasqueira - Foto do mês de Outubro 2008




Esta fotografia foi eleita a foto do mês no site: http://www.pnetimagens.pt/

Localização: http://www.pnetimagens.pt/photo.asp?id=MTMxMDhfMzA

Obrigado a quem votou para que a mesma tivesse sido a melhor do mês de Outubro2008.

Vitiligo

Photobucket

Deixo aqui um texto enviado de uma amiga que gostaria que lessem e até passarem para outros amigos que possam ter este problema.

Aqui vai o texto:

Numa troca de e-mails surgiu a ideia de criar um local onde os portadores desta doença pudessem trocar testemunhos e experiências. Começaremos pelos nossos testemunhos, pois não temos problemas em assumir, embora seja uma doença que afecte psicologiamente as pessoas. Ela não tem qualquer outro efeito nocivo para além desse.

Penso que todos conseguem perceber o porquê de afectar psicologicamente. Numa Sociedade em que a beleza é Imperatriz, ter a pele cheia de manchas brancas não é agradável.

Ajudem a divulgar e partilhem este blog com quem tem o mesmo problema :) http://vitiligo-derma.blogspot.com/ Espero que esta iniciativa junte pessoas e as faça encontrar mais apoio para não se sentirem sós e desamparadas.

Obrigada a todos e um abraço!

Sandra Marques

BENEFÍCIOS FISCAIS - JUSTIÇA SOCIAL

Blog - Reposição dos Benefícios Fiscais

Eu Nuno de Sousa, tenho uma prima de nome Márcia com 11 anos que ficou deficiente num acidente de viação em que a sua mãe (minha prima faleceu nesse mesmo acidente, já no ano anterior a este acidente o seu pai tinha sido atropelado, neste momento é um ser quase vegetal, dependendo dos seus pais para sobreviver, embora tenho feito alguns progressos). Neste momento a Marcia está numa numa escola especial, mais propriamente na escola C.E.C.D - Centro de Educação para o Cidadão Deficiente, situada em Mira-Sintra (Sintra), onde poderia ficar para toda a sua vida, só que agora tudo se inverteu e como os apoios que o estado dava vão acabar, a escola vai ter de fechar por falta de apoio, ou seja centenas destas crianças vão ficar sem apoio quer na educação quer a nivel de subsistência e ajuda na sua vida futura, onde vão ter de sair desta escola para serem integradas numa qualquer escola normal onde nem professores nem as próprias escolas têm condições para as integrar nas melhores condições, a minha prima nem o seu nome sabe escrever, pergunto o que vai ser destas crianças, será isto a que chamamos uma país em vias de desenvolvimento? Ou será que é só um país para alguns?
É uma vergonha o que está a acontecer neste Portugal dos nossos dias, a estas pessoas que nada podem fazer e que ainda por cima são abandonadas por quem devia olhar por elas.
Grandes governantes nós temos.
Tenho vergonha.

Peço desculpa pelo meu desabafo.
Nuno de Sousa

Amigos, não custa nada. Dois ou três segundos.

-O Governo quer retirar benefícios fiscais às pessoas com deficiência.Assine e divulgue a petição do Movimento de Trabalhadores com Deficiência contra esta medida do governo. É só clicar aqui http://www.petitiononline.com/mtpd/petition.html

Passe a mensagem à sua lista de e-mails por favor.

ObrigadoMais informação em:

http://mtpd.blogspot.com/

http://opaisdoburro.blogspot.com/