sexta-feira, 10 de abril de 2009

Parapente


O parapente (paraglider em inglês) é um aeroplano (aeronave mais pesada do que o ar), em cuja asa (inflável e semelhante a um pára-quedas, que não apresenta estrutura rígida) são suspensos por linhas o piloto e possíveis passageiros. Costuma-se denominar paramotor o parapente no qual um motor é empregado para propelir o piloto. O vôo de parapente (conhecido em alguns países como paragliding) é uma modalidade de vôo livre que pode ser praticado tanto para recreação quanto para competição (considerado esporte radical). Pode ser descrito como um híbrido entre a asa delta e o pára-quedas. Diferentemente do pára-quedas, o parapente oferece um vôo dinâmico, onde o piloto pode controlar sua ascendência e direção, dependendo das condições meteorológicas como velocidade do vento.


Histórico

A história do parapente começa em 1965 com a velasa (sailwing em inglês) criada por Dave Barish que chamou de slope soaring (vôo de talude) a prática de vôo com esta vela. Paralelamente Domina Jalbert inventa um pára-quedas cujo velame é composto por células, para gerar efeito asa. Este pára-quedas com dorso e intra-dorso, separados pelas células, foi o ancestral dos atuais pára-quedas, parapentes e kites (as velas do kitesurf). Desde então passaram a evoluir separadamente e atualmente a diferença mais importante entre pára-quedas e parapente é em relação ao chamado L/D (em inglês, Lift and Drag), ou coeficiente de planeio, que significa a distância horizontal que se pode atingir quando se parte de uma certa altura. Por exemplo: com um parapente de L/D 7, se a decolagem é feita de uma altura de 1 km, atinge-se 7 km de distância horizontal.

Nos parapentes atuais os L/Ds são superiores a 9, já os L/Ds dos pára-quedas são muito inferiores a este valor.



O equipamento

Velame

É feito de materiais como o nylon e o poliéster não porosos e impermeabilizados, para que o ar que entra não saia através do tecido, mantendo assim a pressão interna e o velame inflado. Quanto mais horas de vôo e exposição ao Sol, mais desgastado fica o velame, causando a perda da impermeabilidade e aumentando a porosidade, tendo assim uma diminuição da performance.

O velame varia de tamanho de acordo com o peso do piloto mais o equipamento, e para vôos duplos a área da vela pode aumentar em até 50% o seu tamanho.

Células

São os gomos do parapente e variam de quantidade de um modelo para outro diferenciando assim a performance

Extradorso

É a parte de cima do velame ou seja as costas.

Intradorso

É a parte de baixo do velame ou seja a barriga onde se prendem as fileiras de linhas.

Estabilizador

É a ponta do velame e visa a estabilidade em torno do eixo vertical, faz também que o parapente aproe para o vento e funciona impedindo a passagem de parte do ar do intradorso que tem pressão maior, passe para o extradorso que tem pressão menor diminuindo assim o aumento do arrasto causado pelo turbilhonamento da ponta da asa.

Bordo de ataque

É a parte da frente das células do velame onde se encontram as aberturas por onde o ar entra.

Bordo de fuga

É a parte de traz do velame que é costurada para o ar não sair e onde as linhas do freio atuam para que se possa fazer as curvas, através da deformação de um dos lados ou diminuir a velocidade atuando dos dois lados simultaneamente.

Freios

São a união dos batoques e linhas usadas para frear e direcionar o Parapente, usado para aumentar a sustentação na decolagem, e no pouso para amortecer a chegada, o freio é muito importante pois através dele é que sentimos a variação de pressão do velame em vôos turbulentos é necessária uma pilotagem ativa aumentando e diminuindo a tensão na linha de freio para compensar a variação de pressão.

Elevadores ou tirantes

São as tiras que unem as linhas aos mosquetões e são formadas por 3 a 5 elevadores São classificados como tirante A podendo-se ter 2 tirantes sendo um para fazer orelhas, B, C, D.

Batoques

São as argolas que o piloto usa para segurar, ligadas a linhas de freio

Acelerador

é um dispositivo usado para encurtar o elevador dianteiro do parapente mudando o ângulo da vela para aumentar a velocidade.

Trimmer

É um dispositivo usado para alongar o elevador traseiro do parapente.

Este dispositivo atua mudando o ângulo ALFA do parapente chamado também de ângulo de ataque

Linhas

São as linhas do parapente que unem o velame aos tirantes e são feitas de vários materiais como o kevlar.

Suspensão

É composta pelas linhas que unem os elevadores ao velame, a mais comum nos dias de hoje é a suspensão linear, tendo cada tirante uma fileira individual de linhas.

Mosquetinhos

Feitos de aço ligam as linhas aos tirantes.

Selete

É a cadeira de vôo, existem vários tipos:

  • a de escola, para iniciantes treinarem, são usadas para inflar e fazer pequenos vôos a baixa altura, Também usadas para levar passageiros em vôos duplos, não possui pára-quedas reserva;
  • a de vôo duplo, projetadas para o piloto que carrega passageiros, ela tem uma abertura permitindo maior mobilidade para as pernas e possui um pára-quedas reserva para duas pessoas;
  • a de vôo solo, usada por todo nível de pilotos com vários modelos e variam nos itens de fabricação.

Pára-quedas reserva

Acessório de uso obrigatório para segurança em vôo.

Usado para emergências no caso de colisão em vôo, desinflar e engravatar, causando a perda de altitude irreversível. O tamanho do pára-quedas reserva varia com o peso a ser sustentado.

Óculos de sol

São importantes para poder pilotar melhor sem que ao olhar para a vela o Sol o atrapalhe, é importante que as lentes tenham realmente proteção UV

Capacete

Item obrigatório de vôo, para proteção caso o piloto ou passageiro em um pouso forte bata a cabeça, arborize ou caia na decolagem.

Botas de vôo

Geralmente tem proteção lateral para não torcer o tornozelo no caso de pousar forte ou caminhadas em terreno irregular.



As modalidades

Cross Country

É a modalidade mais popular do parapente, tendo como objetivo voar uma certa distância no menor espaço de tempo possível. Normalmente nos campeonatos de Cross Country existe uma comissão técnica que define uma prova (trajeto) com dois ou mais pontos a ser percorrido pelos pilotos. Cada piloto utiliza um GPS para seguir a rota definida pela comissão técnica e o vencedor é o piloto que chegar primeiro ao final da prova (goal). no Brasil temos um dos melhores lugares para se voar, é conhecido mundialmente como a MECA do vôo livre que é Governador Valadares/MG. O atual campeão Brasileiro nesta categoria é Frank Brown. O recorde mundial de distância livre foi obtido em 14/11/2007 por 3 brasileiros (Frank Brown, Rafael Saladini e Marcelo Prieto) percorrendo 461,8 Km após decolarem da cidade de Quixadá no Ceará e pousarem no Maranhão.

Existe ainda um Ranking na internet, XC Brasil, que pontua os pilotos com seus vôos.[1] e em portugal o site é XC Portugal [2].

Acrobacia

É uma modalidade extremante radical e que exige muita técnica do piloto para ser realizada com segurança. O início da acrobacia como modalidade foi em meados de 2001, quando o piloto espanhol Raul Rodriguez inventou a manobra conhecida como SAT, onde o piloto gira de costas com um eixo vertical que fica entre o piloto e o parapente. A partir da descoberta desta manobra, foram inventadas varias outras manobras e então começaram a surgir os campeonatos de acro. Todos campeonatos de acro são obrigatoriamente realizados sobre a água, onde os pilotos definem as manobras que irão realizar e os juizes analisam a velocidade, ritmo e conexão entre as manobras que o piloto realiza. Atualmente já existem cursos específicos para este tipo de modalidade e aprender a fazer acrobacia esta se tornando cada vez mais fácil e seguro.

Para ver as imagens maiores clique em cima das mesmas.

Ligações externas

41 comentários:

Tatiana disse...

Que fantasico Nuno...

deste uma aula sobre o Parapente. Tem uma pessoa que adoro de paixão, que é piloto e dos bons aqui no Brasil. Ele inclusive tem uma escola que ensina esse esporte e arte.

Belíssimas imagens...que nos faz crer que voar não é mesmo só previlêgio dos pássaros...

Feliz Páscoa para você e para todos os que moram em seu coração!

Beijinhos

Ana disse...

Uma Reportagem extraordinária acompanhada das tuas magníficas fotos!
Adorei!!!
Espero que tenhas recebido a minha mensagem para o telemóvel, nem sei se me identifiquei, às vezes sou meia despistada:-) Tinha uma mensagem de amizade antes dos meus sinceros Parabéns.
Sê feliz porque mereces e o desejo de uma Santa Páscoa!
Beijinhos muito grandes,
Ana Paula

gotadevidro disse...

Tanta informação a que eu estava alheia. É fácil olhar os céus e tão sòmente ver sem perceber o que este desporto envolve.

Maravilhoso o modo como captaste as fotos. Reais e belas.

Mestria de quem sabe....

Voar assim nos ares acho que não seria capaz...Ou seria?

Uma Páscoa de luz em teu coração.digin

Bjinhos

gota

Remus disse...

Aqui está um "desporto" que acho que nunca teria coragem para fazer. Gosto de ter os pés bem assentes na terra. :-)

Uma boa sequência de fotografias, mas das seis, a minha preferida é a terceira. Por causa do enquadramento e da predominância da faixa laranja.
Parabéns.

Osvaldo disse...

Caro amigo Nuno;

Todo o histórico da arte de "voar" que aqui nos contas está espectacular e as fotos, bom, as fotos, sendo do Nuno são um simbolo de perfeição...

Feliz Páscoa e parabéns pelo trabalho exposto

Um abraço,
Osvaldo

Sandra Rocha disse...

Só de ver fiquei com vertigens :D
Belissimas acompanhadas com uma boa aula.
Beijos e uma boa Páscoa para os dois.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO NUNO, EXCELENTE REPORTAGEM E BELAS FOTOS... FANTÁSTICO!!!
VOTOS DE UMA SANTA PÁSCOA PARA TI E TODA A TUA FAMÍLIA... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Emidio Silva disse...

sem palavras. mas aqui esta um desporto que gostava de experimentar.


um abraço e uma boa pascoa

tossan disse...

Além do óptimo caçador de imagens, és um repórter de mãos cheias sobre todos os assuntos. Magnífica! Abraço

Helena Paixão disse...

Um dia destes sou eu que estarei pendurada numa "cadeirinha" destas e aí sim é que vou querer fazer uns clicks, lol

Bjocas

aa disse...

Belas fotos acompanhadas de um excelente texto informativo... Uma bela foto-reportagem!!!
Desejos de uma boa Páscoa!
Beijos,

AA

elvira carvalho disse...

Bonitas fotos e reportagem esclarecedora, para quem como eu nada entendia do assunto
Desejo-lhe uma Páscoa Feliz, com muita Luz e muito Amor que irradiem por todos os dias da sua vida.
Um abraço

Kafia disse...

Um dia serei eu num parapente :D
Adorava fazer isso... experimentar!

Quanto às fotos...muito boas! Adorei... sou uma "apaixonada" por ver essas coisas no ar hehe

Boa pascoa para si e familia!

Wania disse...

Oi, Nuno...
Excelente texto e fotos lindas.
Eu não tenho coragem para tanto...rsrs!
Um Páscoa muito doce pra ti.
Bjs.

Anónimo disse...

Lindas fotos e bela aula, fikei bem exclarecida na materia, e com muita vontade ainda de fazer uma experiencia assim, boa Pascoa e familia, bjs!!!!!!!

Eu

missixty disse...

Estão espectaculares as fotos de parapente, também já os foografei, mas não consesegui fotos tão próximas e detalhadas. Usaste que lente? Eu usei a minha 200 mm...
Feliz Páscoa !
muitos beijinhos

Cris Animal disse...

Nuno demaiiiiiiiissssssssssss. Eu amo altura. Isso pra mim é manjar dos deuses......rs
Final de maio, provavelmente vou estar em Portugal....vou voar em céus portugueses...hahaha

Muito legal as fotos. Fantásticas. Dá até aquele arrepio, aquele friozinho.....rs
É agora...uhuuuuuu

beijo grande, Querido
............Cris Animal

Sandra Marques disse...

Muito bem!!! Boas fotos e trabalho de casa bem feito ... ou talvez ... muito bem esgalhado ihihih

Beijoca e Boa Páscoa!!!!

BlueVelvet disse...

Eu já fiz asa delta no Brasil. Adorei.
Venho agradecer a tua visita e desejar-te uma Páscoa feliz.
Veludinhos azuis

frAgMenTUS disse...

Olá Nuno, votos de uma Santa Páscoa, recheada de boas fotos.

Ouvindo agora a M80 aqui a roar, escuto U2 q adoro:"pride-in the name of love". :)

Adorei estas fotos de parapente, eu desde os 5 anosq tenho o sonho de ser astronauta e tb era fã de ass delta-...bem, cresci e fiquei-me por ser apenas lunática mas quando vejo imagens destas o dito "bichinho do ar" fica a remoer...

És sempre bem-.vindo no Frag., assim como eu tb aprecio mt o teu blog e palavras de apreço.

Fica bem. Bj grnd luz e paz

LMI disse...

Fantástico trabalho amigo Nuno.Um abraço

Vanda Maio disse...

Era um desporto que gostaria de experimentar.

Bela reportagem.

Beijocas

José Neves disse...

Sensação de total liberdade numa excelente série de imagens.
Toda a descrição está fantástica, parabéns amigo.

Um abraço.

Fernando Santos (Chana) disse...

Caro amigo, belas fotos de belo desporto...Espectacular....
Um abraço

Tatiana disse...

Nuno, você não imagina a minha alegria ao abrir a página de recados e ler as suas palavras.
Sua presença é razão para um sorriso e dos mais puros!

Vim apreciar novamente e aproveitar para lhe desejar uma semana maravilhosa!

Beijos com meu carinho

BC disse...

Ainda não fiz, mas lá para o Alentejo existe uma escola, ainda me vou atrever_____________eu gosto destas coisas radicais, isto e saltar de avião.
Uma boa semana para ti
Beijo
Isabel

JORGE DELFIM disse...

Boa esta explicação do Parapente.
Meu cunhado faz paapente. Um dia destes vou com ele e faço uma fotos aereas.

Um abraço

Jorge Delfim

poetaeusou . . . disse...

*
E-S-P-E-C-T-A-C-U-L-A-R
,
parabens
,
um abraço,
,
*

Oris disse...

Uma reportagem muito bem conseguida...

Excelentes fotos, Nuno.

:)

Bom fim-de-semana, com muitos cliks...

beijitos

Paulo Demétrio disse...

Fantastica reportagem !!

Abraço

angel bar disse...

Voei ... ;)

Convite para "Coffe Shot" no Angel Bar.

Bom fim de semana.

ลndreia disse...

Estas fotos fazem-me querer voar também! *

- ficacomigo. disse...

Excelentes fotografias. Não só as deste post, como todas as outras que se encontram no blog.
Você tem um dom - o de fotografar.

Parabéns :)

Anónimo disse...

ha, I will try out my thought, your post bring me some good ideas, it's really amazing, thanks.

- Joe

Anónimo disse...

It really is sad that we now have people not ever browsing over this weblog. Congrats

Anónimo disse...

Excellent article! It's good for a brand new blogger like us.

Anónimo disse...

Excellent article. Thanks for discussing

Anónimo disse...

Excellent piece of work! I had happened to be seeking matters just as intriguing as this. Getting excited about the next publish.

Anónimo disse...

We appreciate you expressing the expertise relating to this subject.

Anónimo disse...

The most effective content articles We've ever before examined with this issue. Thank you!

Anónimo disse...

Excellent article. Thank you for discussing

Vitiligo

Photobucket

Deixo aqui um texto enviado de uma amiga que gostaria que lessem e até passarem para outros amigos que possam ter este problema.

Aqui vai o texto:

Numa troca de e-mails surgiu a ideia de criar um local onde os portadores desta doença pudessem trocar testemunhos e experiências. Começaremos pelos nossos testemunhos, pois não temos problemas em assumir, embora seja uma doença que afecte psicologiamente as pessoas. Ela não tem qualquer outro efeito nocivo para além desse.

Penso que todos conseguem perceber o porquê de afectar psicologicamente. Numa Sociedade em que a beleza é Imperatriz, ter a pele cheia de manchas brancas não é agradável.

Ajudem a divulgar e partilhem este blog com quem tem o mesmo problema :) http://vitiligo-derma.blogspot.com/ Espero que esta iniciativa junte pessoas e as faça encontrar mais apoio para não se sentirem sós e desamparadas.

Obrigada a todos e um abraço!

Sandra Marques

BENEFÍCIOS FISCAIS - JUSTIÇA SOCIAL

Blog - Reposição dos Benefícios Fiscais

Eu Nuno de Sousa, tenho uma prima de nome Márcia com 11 anos que ficou deficiente num acidente de viação em que a sua mãe (minha prima faleceu nesse mesmo acidente, já no ano anterior a este acidente o seu pai tinha sido atropelado, neste momento é um ser quase vegetal, dependendo dos seus pais para sobreviver, embora tenho feito alguns progressos). Neste momento a Marcia está numa numa escola especial, mais propriamente na escola C.E.C.D - Centro de Educação para o Cidadão Deficiente, situada em Mira-Sintra (Sintra), onde poderia ficar para toda a sua vida, só que agora tudo se inverteu e como os apoios que o estado dava vão acabar, a escola vai ter de fechar por falta de apoio, ou seja centenas destas crianças vão ficar sem apoio quer na educação quer a nivel de subsistência e ajuda na sua vida futura, onde vão ter de sair desta escola para serem integradas numa qualquer escola normal onde nem professores nem as próprias escolas têm condições para as integrar nas melhores condições, a minha prima nem o seu nome sabe escrever, pergunto o que vai ser destas crianças, será isto a que chamamos uma país em vias de desenvolvimento? Ou será que é só um país para alguns?
É uma vergonha o que está a acontecer neste Portugal dos nossos dias, a estas pessoas que nada podem fazer e que ainda por cima são abandonadas por quem devia olhar por elas.
Grandes governantes nós temos.
Tenho vergonha.

Peço desculpa pelo meu desabafo.
Nuno de Sousa

Amigos, não custa nada. Dois ou três segundos.

-O Governo quer retirar benefícios fiscais às pessoas com deficiência.Assine e divulgue a petição do Movimento de Trabalhadores com Deficiência contra esta medida do governo. É só clicar aqui http://www.petitiononline.com/mtpd/petition.html

Passe a mensagem à sua lista de e-mails por favor.

ObrigadoMais informação em:

http://mtpd.blogspot.com/

http://opaisdoburro.blogspot.com/